sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Carta ao Pépe (cachorro da Patty)

Oi, lindinho! A tua mãe me contou que andas mais comportado...Bem...Nem tanto! Me disse que o teu entusiasmo pelas fêmeas chega a ser constrangedor! Acho que está na hora mesmo de trocar os teus brinquedinhos por algo mais interessante. Mas ouve bem alguém de outra espécie, que lida às vezes com machos com o cérebro menos desenvolvido que o teu(sem ofensa): dá um latido simpático, para começar, seguido de uma cheiradinha no traseiro dela (não recomendado para seres humanos). Se ela corresponder, brinca um pouco com ela, por que fêmeas curtem machos divertidos. Faz cocô sempre no jornal (JAMAIS esquece de fechar a porta), pois educação é fundamental. Oferece,de surpresa, um biscrok bem fresquinho-pequenas gentilezas contam muitos pontos. Por fim, se vocês cruzarem (termo não aplicável a seres humanos), pede à tua dona para te levar para passear e demonstra satisfação ao encontrá-la, para que ela se sinta segura de que sentes o mesmo. Se não for o caso, não precisas rosnar! Basta dar uns latidos sem entusiasmo, deixando bem claro que a recíproca não é verdadeira-a maioria das fêmeas não morde quando isso acontece. Por fim, quando encontrares aquela que eriçar os teus pêlos, tenha filhotes (e me dê um-prometo que não perderão contato). Muitos beijos da amiga humana, (ex futura veterinária), que procura entender os instintos dos animais, humanos ou não.

Um comentário:

Patty disse...

QUE LINDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
EU AMEI!!!
VOU IMPRIMIR E MOSTRAR PRO PÉPE!!!
OBRIGADA!
AMAMOS VOCÊ (EU E O PÉPE)!!